Loading...

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Esquizofrenia



A esquizofrenia é um transtorno psíquico severo que se caracteriza principalmente por alterações do pensamento, alucinações (sobretudo auditivas), delírios e perda de contacto com a realidade.


Principais causas:

Actualmente não se considera que apenas uma causa seja responsável pela doença mas sim um conjunto delas, tais como:
›Causa genética
›Causa neurobiológica
›Causa psicanalítica
›Causa familiar
-Causa dos neurotransmissores


Vivência familiar:

-Medo… “Ele poderá fazer mal a si ou às outras pessoas?”
-Negação da gravidade… “Isso daqui a pouco passa”
-Incapacidade de falar ou pensar em outra coisa que não seja a doença… “Toda a nossa vida gira em torno do nosso filho doente”
-Isolamento social… “As pessoas até nos procuram, mas não temos como fazer os programas que nos propõem”
-Constante busca de explicações… “Ele está assim por algo que fizemos?”
-Depressão… “Não consigo falar da doença do meu filho sem chorar”.


Consequências:

Caso não haja um tratamento adequado, o doente pode tornar-se violento para si próprio colocando a sua vida em risco nos momentos de surto.


Tratamento:

-Acompanhamento médico-medicamentoso;
-A psicoterapia;
-A terapia ocupacional (individual ou em grupos);
-A intervenção familiar;
-A musicoterapia;
-A psicoeducação.


Apesar de não se conhecer a sua cura, o tratamento pode ajudar muito a tratar os sintomas, e a permitir que os doentes possam viver as suas vidas de forma satisfatória e produtiva. A experiência clínica indica que o melhor período para o tratamento da esquizofrenia é com o aparecimento dos primeiros sintomas


Tipos de esquizofrenia

-Paranóide
-Desorganizado
-Catatónico
-Indiferenciado
-Residual



Nenhum comentário:

Postar um comentário